Notícias

Ver notícia

Com foco em buscar soluções de forma coletiva,  promover a solidariedade e ajudar a construir um futuro melhor para a comunidade, a Águas de Penha, em uma iniciativa inédita,  promoveu o primeiro encontro de entidades sociais e organizações do município. O objetivo foi debater uma pauta de responsabilidade social voltada a população local  mais vulnerável. A meta  é o apoio mútuo para valorizar e assegurar cada vez mais a participação dos movimentos da sociedade civil na adoção de medidas para fortalecer o desenvolvimento econômico e social de Penha.

A decisão de reunir as entidades em torno de um objetivo comum surgiu dentro do grupo de responsabilidade social da concessionária.  Eudes Beatriz Tartari Zanin, presidente da Apae de Penha, destaca a importância  da iniciativa, principalmente neste período de pandemia. “Muitas de nossas entidades possuem dificuldades comuns e com esta iniciativa podemos desenvolver ações conjuntas que visem o bem comum”, destacou.  Para ela a iniciativa também é uma maneira de discutir assuntos que são importantes para a sociedade local, mas que não estava sendo colocado em pratica.

A presidente da Águas de Penha, Reginalva Mureb, explica que a proposta de aproximação tem como objetivo somar forças e buscar de forma positiva uma agenda de ações “e de apoio mútuo para os projetos que hoje estão sendo implementados no município ou desenvolver novos projetos, em especial para atender as pessoas mais vulneráveis”, explica.

Ela também destaca a importância deste processo de mobilização, articulação e integração que tem, em comum, o propósito de fazer o bem. Na reunião foram lembrados os propósitos dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) adotados em 2015, a partir da reunião de chefes de Estado e de Governo na sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York. A concessionária tem uma agenda social com foco na educação, saneamento e também geração de renda.

Rosiane Souza de Souza,  diretora do Instituto Beto Carrero, também destaca a importância da iniciativa da concessionária no que quis respeito a aproximação das entidades para a colaboração mútua em prol de projetos de responsabilidade social. “ Dentro das nossas limitações, o que nós pudermos colaborar estamos à disposição e será sempre uma alegria fazer mais e melhor pela nossa comunidade. Conte com o Instituto Beto Carrero”, acrescentou.

Realizados de forma online, obedecendo todos os protocolos de segurança recomendados pelos órgãos de saúde, a primeira reunião realizada em  Penha contou com a participação do Rotary Club, APAE, Secretaria Municipal de Assistência Social,  Associação de Moradores e Amigos da Praia Grande, Cascalho e Poá, Instituto Beto Carreiro, Bombeiros Voluntários,  Associação dos Moradores e Amigos da Praia do Quilombo e Polícia Militar.

Luiz Gustavo Marzollo biólogo e responsável pelo setor de responsabilidade social da empresa, explica que a reunião foi positiva para o setor no município, que teve a oportunidade de expor suas necessidades e dificuldades. “O objetivo da criação desse grupo já foi alcançado no primeiro encontro, formando uma rede de responsabilidade social forte no município, focada no auxílio mútuo entre as instituições em prol da comunidade de Penha”, conclui.

Compartilhar:

Veja Também

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas de Penha.