Notícias

Ver notícia

Iniciativa da Águas de Penha e da Rede Sustentável conta com apoio do Instituto de Meio Ambiente

 

Fazer a destinação correta do óleo de cozinha utilizado pela população, preservar o meio ambiente e ajudar uma entidade local. As medidas são alguns dos objetivos do programa “De Olho no Óleo” que acaba de ser lançado em Penha. A ação é uma iniciativa da concessionária Águas de Penha e da Rede Sustentável – grupo que reúne instituições do município que estão somando forças para promover o bem – com o apoio do Instituto de Meio Ambiente (Imap). A iniciativa irá beneficiar a APAE, entidade que faz parte da Rede Sustentável.

Para participar, é muito simples. Serão instalados pontos de coleta, onde as pessoas poderão descartar da forma correta o óleo usado. Bares, hotéis, restaurantes, lanchonetes e condomínios, que são grandes geradores de resíduos, também poderão participar do projeto.

De acordo com o superintendente da IMAP, Everaldo Lourival Francisco, a iniciativa de reciclar o óleo de cozinha em parceria com a Águas de Penha é muito importante, pois está retirando de circulação um resíduo que poderia vir parar no mar, poluindo as praias do município. Além disso, segundo ele, vai ajudar a APAE, que faz um trabalho tão importante na cidade.

 

Foco no meio ambiente e na população

 

Além de trazer benefícios ao meio ambiente, o projeto beneficia instituições do município, atuando tanto no setor ambiental quanto social. Neste primeiro momento, a APAE Penha será a beneficiada com os recursos resultantes da venda deste óleo. “Esta é uma iniciativa muito importante para a  entidade visto que temos uma estrutura que acolhe muitas crianças e jovens de Penha que precisam de atendimento especializado. Sem contar que é uma ação que envolve toda a comunidade a colaborar com o meio ambiente”, destaca a presidente da APAE, Eudes Beatriz Tartari Zani, durante a apresentação do projeto.

Luiz Gustavo Marzollo, analista de responsabilidade social da concessionária Águas de Penha, explica que o projeto vai crescer ao longo dos meses. “Todo o óleo será coletado, comercializado e destinado corretamente. Ou seja, é um serviço profissional e com equipe capacitada para isso”, completa Marzollo.

 Como fazer o descarte correto do óleo:

 1) Filtre o óleo: após  utilizar o óleo para frituras, é necessário filtrá-lo assim que ele esfriar, sobretudo se for em frituras que deixam restos de comida.

2) Armazene em garrafas PETs: após utilizar o óleo de fritura, resfriá-lo e filtrá-lo, armazene-o em uma garrafa PET. Essa atitude reduz os riscos de entupimento de tubulações e conserva o óleo para que ele seja encaminhado para os pontos de coletas do programa De Olho no Óleo.

Compartilhar:

Veja Também

Contato Saiba mais
Contato

A Águas de Penha oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.