Notícias

Ver notícia

Moradores dos bairros Gravatá e Praia de São Miguel, em Penha, se reuniram na noite da quarta-feira, 22 de maio, no salão paroquial da capela São Miguel Arcanjo para participar de um encontro do Programa Afluentes da Águas de Penha. O objetivo foi esclarecer dúvidas sobre o andamento das obras de coleta e tratamento de esgoto na região.

A comunidade presente, incluindo moradores de outros bairros de Penha, demonstrou grande interesse e satisfação com a importância da obra para o progresso do município. A coleta e tratamento de esgoto são serviços essenciais para a saúde pública e a qualidade de vida da população, além de contribuírem para a preservação do meio ambiente.

No entanto, durante a reunião, os moradores também expressaram preocupação com os serviços de recomposição das ruas após a instalação das tubulações. A Águas de Penha, por sua vez, se comprometeu a garantir a qualidade da obra e a reparar qualquer problema que seja identificado.

Reginalva Mureb, presidente da Águas de Penha, garantiu aos moradores que a concessionária está comprometida em devolver as ruas nas mesmas condições em que foram encontradas antes do início das obras. Ela explicou que, antes da implantação do sistema de esgoto, foi realizado um levantamento detalhado das condições das vias para servir como base para a recomposição.

A presidente da concessionária ressaltou a importância do Programa Afluentes como ferramenta de comunicação transparente com a comunidade. Através de encontros presenciais e online, a Águas de Penha busca manter os moradores informados sobre seus projetos e ações, além de abrir espaço para o diálogo e a participação popular.

Líder comunitária do bairro Gravatá, Albertina Mazzi Flores enfatizou a importância de a concessionária garantir a recomposição das ruas de forma satisfatória. “Hoje, temos até dificuldade de sair de casa por causa das obras”, relatou. Os vereadores Mauricio Brockveld, Antônio Alfredo Cordeiro Filho e João Antonio Costa, que também estiveram presentes na reunião, reforçaram a cobrança por um serviço de recomposição de qualidade.

As obras de implantação da rede de esgoto no Gravatá estão em fase final, com previsão de entrega em breve. A expectativa é que o novo sistema traga benefícios como a melhoria da qualidade de vida dos moradores, a preservação do meio ambiente e o impulsionamento do desenvolvimento socioeconômico da região. Além da presidente da concessionária participaram da reunião, o coordenador de operações da Águas de Penha, Augusto de Oliveira Neto; o gerente de operações, Vilmar Pereira da Silva Junior; o coordenador de engenharia, engenheiro Juarez Fontenelle; e o coordenador de comunicação, Marcos Campesatto, entre outros colaboradores da concessionária.

Compartilhar:

Veja Também

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas de Penha é a concessionária responsável pelo abastecimento de água do município de Penha, em Santa Catarina.

Águas de Penha divulga Balanço Social 2021 Saiba mais
Águas de Penha divulga Balanço Social 2021

A concessionária Águas de Penha acaba de divulgar o balanço social de 2021, com destaque para as contribuições da companhia para a socied...

Principais Dúvidas Saiba mais
Principais Dúvidas

Há algum projeto de revitalização sendo realizado no Rio Iriri e Gravatá? O Rio Iriri possuirá um ponto de lançamento de efluente tratado...