Notícias

Ver notícia

A falta de investimento em saneamento afeta diretamente os indicadores de saúde, educação, valorização ambiental e produtividade dos brasileiros, disse Edson Carlos, presidente do Instituto Aegea, a lideranças comunitárias de Penha. O executivo participou da edição mensal do Afluentes Virtual, programa de relacionamento com a comunidade desenvolvido pela concessionária Águas de Penha. O objetivo do programa é permitir que, através destas lideranças, cada vez mais pessoas sejam alcançadas pelas informações da empresa. A parceria entre a concessionária e a comunidade é uma iniciativa que vem sendo construída e consolidada ao longo do tempo.

Segundo o executivo, é difícil entender um estado como Santa Catarina com tantos indicadores positivos ter um índice tão baixo de saneamento. “Ao implantar o sistema de coleta e tratamento de esgoto, as prefeituras têm um ganho expressivo de recursos ao não ter que destinar parte deles as áreas de saúde”, lembrou. À frente do Instituto Trata Brasil por 11 anos, Edison Carlos desenvolveu um amplo conhecimento no setor de saneamento, especialmente sobre as carências das pessoas e os impactos ao meio ambiente quando não há os serviços.

No encontro, o executivo também destacou o potencial de investimento da Águas de Penha para implantar o sistema de coleta e tratamento de esgoto do município. “Nosso interesse é que aconteça o mais rápido possível. Sabemos fazer, temos tecnologia e a disponibilidade dos recursos”, acrescentou. Reginalva Mureb, presidente da Águas de Penha, que também participou do encontrou, destacou que a concessionária está à disposição do município para realizar as obras esgotamento sanitário e assumir os ônus de desapropriação das áreas necessárias, podendo iniciar já em 2023, com o imediato reequilíbrio contratual. “A questão está sub judice e a concessionária confia num entendimento sobre o tema nos próximos meses”, disse.

Os esclarecimentos levados à comunidade durante o Afluentes foram elogiados pelo professor universitário e líder comunitário, Gilberto Manzoni. Quem também destacou a importância das informações para o esclarecimento da população foi a líder comunitária Margit Boblitz. Ângelo Piazera Junior, consultor da Associação Empresarial de Penha, por sua vez, demonstrou preocupação com o prazo da implantação do sistema de esgoto do município. Conforme Reginalva Mureb, os entendimentos no âmbito da justiça permitirão estabelecer a antecipação das metas contratuais.

Compartilhar:

Veja Também

2° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
2° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.

Calendário Saiba mais
Calendário

Ação: Audiência Pública para apresentação do cronograma das obras de implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto na Câmara de...

Águas de Penha divulga Balanço Social 2021 Saiba mais
Águas de Penha divulga Balanço Social 2021

A concessionária Águas de Penha acaba de divulgar o balanço social de 2021, com destaque para as contribuições da companhia para a socied...

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas de Penha e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.