Notícias

Ver notícia

A diretoria da Águas de Penha apresentou esta semana ao prefeito Aquiles José Schneider da Costa o plano de investimentos da primeira etapa do programa de Implantação do Sistema de Coleta e Tratamento de Esgoto do município. A meta da concessionária para 2023 é construir uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no bairro Gravatá, que atenderá também o bairro São Miguel; implantar 16,6 quilômetros de rede de coletora de esgoto, 1.444 linhas de recalque, sete estações elevatórias e interligar ao sistema 1.298 domicílios.

As metas do ano preveem também assumir o sistema de tratamento de esgoto dos loteamentos Santa Regina, Flor de Lótus e Pedro de Borba, com a construção de oito quilômetros de rede coletora.

O programa completo de investimentos da concessão para Penha está dividido em 24 sub-bacias e visa a implantação de 195 km de rede coletora, 13.292 ligações domiciliares, 10 KM de linhas de recalque, 19 Estações Elevatórias e 2 Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) com capacidade total de 195 litros de esgoto por segundo. Antes de iniciar as obras em cada rua, a equipe de responsabilidade social da concessionária fará uma visita em todos os imóveis com informações sobre a logística da obra.

“Essa reunião foi extremamente importante para consolidar o acordo através destas metas que estão previstas para começar este ano. Eu fiquei muito feliz coma apresentação que a Águas de Penha preparou, que mostra a cobertura do tratamento já para 2023 e a preocupação em assumir a gestão do tratamento dos loteamentos que é mais qualidade de vida para as pessoas que moram nestes locais”, disse o prefeito.

Conforme Aquiles, ficou acertado com a direção da concessionária realizar uma audiência pública em março, em data a ser definida, para apresentar a população os planos de investimentos da concessionária para 2023 no sistema de esgoto.

A presidente da Águas de Penha, Reginalva Mureb, explica que os investimentos em esgotamento sanitário no município devem melhorar a balneabilidade das praias e, consequentemente, aquecer a atividade turística e impactar na valorização imobiliária em índices superiores a 14%. Tendem a contribuir ainda para a recuperação dos corpos hídricos e na melhoria na saúde e na qualidade de vida da população.

Compartilhar:

Veja Também

Principais Dúvidas Saiba mais
Principais Dúvidas

Há algum projeto de revitalização sendo realizado no Rio Iriri e Gravatá? O Rio Iriri possuirá um ponto de lançamento de efluente tratado...

Vídeos Saiba mais
Vídeos

Vídeo Institucional Conheça a Águas de Penha, empresa responsável pelo abastecimento de água e esgotamento sanitário do município.  ...

2° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
2° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.