Notícias

Ver notícia

 

Apresentação ocorreu durante audiência pública convocada pelo poder executivo para mostrar o plano de implantação na cidade

Maior qualidade de vida, valorização mobiliaria, desenvolvimento do turismo e preservação ambiental. Esses são alguns dos benefícios que o sistema de coleta e tratamento de esgoto trará para Penha e que foram apresentados na noite de quinta-feira, 2 de março, na Câmara de Vereadores, pela equipe técnica da Águas de Penha. A apresentação ocorreu durante audiência pública convocada pelo poder executivo para mostrar à população o cronograma de obras de implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto.

A previsão é de que, até o final de 2023, Penha tenha 11% de cobertura de rede e, ao final de 2024, este índice chegue a 26%. A audiência lotou o plenário da Câmara e o público elogiou o cronograma de obras apresentado. “Hoje foi um dia para entrar para a história do município e para demonstrar o quanto valeu a pena toda a nossa luta na busca incansável pela balneabilidade, pela questão ambiental e pela saúde”, pontuou o prefeito Aquiles Schneider da Costa.

A apresentação também recebeu avaliação positiva de todos os vereadores na audiência pública. A meta da concessionária é construir em 2023 uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no bairro Gravatá, que atenderá também o bairro São Miguel; implantar 16,6 quilômetros de rede de coletora de esgoto; 1.444 metros de linhas de recalque; sete estações elevatórias e interligar 1.298 domicílios ao sistema.

Reginalva Mureb, presidente da concessionária Águas de Penha, também destacou a audiência pública como sendo um momento memorável para a população. Segundo a presidente, a implantação do sistema é um marco de desenvolvimento ambiental, de valorização imobiliária e de aquecimento do turismo, mas, principalmente, para a saúde e qualidade de vida de moradores e visitantes. “Ainda este ano vamos realizar investimentos importantes e entregar, em tempo recorde, o primeiro sistema”, disse Reginalva Mureb.

A Águas de Penha também assumirá ao longo do ano o sistema de tratamento de esgoto dos loteamentos Santa Regina, Flor de Lótus e Pedro de Borba, com a construção de 8 quilômetros de rede coletora. Antes de iniciar as obras em cada rua, a equipe de responsabilidade social da concessionária fará uma visita em todos os imóveis para levar informações sobre a logística da obra. Além da presidente da Águas de Penha, participaram da apresentação Maraísa Mendonça, gerente de operações da empresa; Vilmar Pereira dos Santos Junior, coordenador de operações da Águas de Penha; Arthur May, do setor de engenharia; e Marco Campesatto, coordenador de comunicação da concessionária.

Confira a audiência pública de apresentação do sistema de esgoto na íntegra através do link https://fb.watch/j1IvWpE_i0/?mibextid=qC1gEa

Compartilhar:

Veja Também

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas de Penha e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas de Penha.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas de Penha é a concessionária responsável pelo abastecimento de água do município de Penha, em Santa Catarina.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.